Resenha: O Sobrinho do Mago

Livro: O Sobrinho do Mago
Autor(a): C. S. Lewis
Editora: Martins Fontes
Ano: 2011
Páginas: 184
Sinopse: Skoob
Gênero(s):  Aventura, Fantasia

Olá! Resolvi ler Nárnia! Até que enfim! Depois de muito tempo e muitas lágrimas por me sentir, deixar esse incrível clássico do Infanto juvenil de fora da minha vida, tomei vergonha na cara tive coragem para começar essa grande aventura, literalmente. A cada quinze dias venho aqui falar sobre os livros dessa incrível série, o livro dessa semana é: O Sobrinho do Mago.


O Sobrinho do Mago, primeiro livro da série As cronicas de Nárnia, vai narrar a história dos jovens amigos Polly, uma jovem que leva uma vida normal, e Digory, que tem como tios André e "Leta" que cuidam dele por a mãe estar doente.Ambos moram e Londres,e por acaso são vizinhos; O Tio André é um pouco obcecado por magia e por isso faz experimentos com anéis que fazem os portadores viajarem entre mundos, o resto da "sinopse" achei que mesmo pelos fatos acontecerem no começo do livro, é meio que um "spoiler", então se quiserem o link para a sinopse está logo acima.

Sempre que olhava para minha estante me batia um arrependimento por não ter começado Nárnia, por ser uma série de livros antigos e como o meu volume é o que contém todos os livros juntos, desanimava sempre que o pegava, pois bem, muito pelo contrario, a escrita de C. S. Lewis é muito avançada em questão da época, a leitura é fácil e extremamente rápida, com certeza entrou na lista dos meus autores favoritos.
Como disse na resenha de Brilho, Romances explícitos não são muito minha praia, esse foi um dos fatores que apreciei, durante toda a obra, consegui perceber a atração entre dois personagens em segundo plano, sem tirar o foco do livro que é a fantasia e a aventura.

Os personagens me animaram do começo ao fim do livro, por serem instáveis em suas personalidades e serem muito jovens, era incerto o que aconteceria a seguir, me preocupava o fato de eles não terem "maturidade" para enfrentar um tio louco e uma Rainha pior ainda, mas ficou claro que isso não é real.

O Livro conta de antes do primeiro filme, a criação de Nárnia e a inserção do leitor nesse fantástico e amado mundo criado por C. S. Lewis é imediata.


A minha edição é a que contém todos os livros da série, o volume único, não tenho o que reclamar, a edição é bonita, legível e as letras são razoáveis, o único porém foi o fato de essa edição não obter o tanto de gravuras, que são lindas falando nisso, quanto a edição separada, nada me impediu de ter uma ótima leitura.

Dica: Mesmo que como eu, vocês tenham um livro ai em casa que está esperando pela sua coragem de lê-lo e você não lê por qualquer motivo que seja, EXPERIMENTE! Pode lhe ajudar a se "libertar" deste peso na consciência. 

Até a próxima!

2 comentários:

  1. Oii
    Não conhecia esta edição da Martins Fontes, que fofura né? Também morro de vontade de ler Nárnia e ainda faço isto, espero não demorar muito.

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa!
      Muito bonita mesmo, vamos juntos vencer esse desafio hahaha,

      Beijo

      Excluir