Extraordinário de R.J.Palacio


Livro: Extraordinário
Autor(a): R.J.Palacio
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 320
Gênero(s): Infanto Juvenil
Avaliação:


Quando você vê uma pessoa com uma aparência diferente você costuma comentar com quem está do seu lado ou olhar com assombro? Bom, a maioria  comenta e parece ser uma atitude inevitável.
Ao ler o livro “Extraordinário” de R.J.Palácio você vai pensar milhões de vezes antes de comentar a respeito da aparência de alguém. Ela mostra a história de August Pullman, ou Auggie, a quem eu carinhosamente vou chamar de Guto,  um menino de dez anos que tem o rosto deformado.
Ele sempre estudou em casa, mas agora a mãe resolveu colocá-lo na escola. Ela acredita que o filho precisa ter contato com outras pessoas e que isto vai ajudá-lo a enfrentar melhor a vida.
Guto tem os olhos fora do lugar, a orelha pequenina, e a cabeça em um formato estranho. O livro não dá tantos detalhes da aparência dele e isto permite que você crie na sua cabeça uma imagem para o garotinho. Logo nas primeiras páginas você já se apaixona por ele, mesmo sabendo que ele deve ser estranho.

O menino parte para esta nova aventura, que digamos de passagem, é bem pesada. Pense bem, entrar em uma escola nova, com pessoas desconhecidas já é difícil, imagine se você tem uma aparência que não está de acordo com os padrões?
Isso mesmo, você vira a chacota do colégio, os dedos são apontados para você e quando você passa os cochichos são inevitáveis.
Muitos colegas acreditam que Guto tenha uma doença horrível, mas ele não tem. Ele nasceu com uma doença genética que causou deformidades no rosto e já passou por várias cirurgias desde bebê, o que fez com que ele adquirisse uma força de vontade incrível e se tornasse um menino muito compreensivo, além de inteligente, é claro.
O livro também mostra os sentimentos da irmã de Guto que muitas vezes se sente deixada de lado pela família que se desdobra em cuidados com o menino.
Grande parte da narrativa é dedicada ao relacionamento dele com os colegas, alguns não querem tocá-lo porque tem nojo da aparência dele.
Enfim, o livro mostra como as vezes podemos ser cruéis com um ser humano porque a aparência dele é diferente. Esta obra é uma lição de vida para qualquer um de nós.

0 comentários:

Deixe seu comentário