Entrevista - Autora Mary Oliveira

Oi Pessoal Tudo Bem?

No post de hoje teremos a entrevista aqui no blog.

Vamos conhecer um pouco mais sobre a nossa parceira Mary Oliveira, autora de Princesa Implacável (resenha aqui)?

Mary Oliveira é uma jovem escritora brasileira. Nasceu na década de noventa, no interior do Maranhão. No entanto, mora há quase dez anos na capital do Pará. Apaixonada por romances e finais felizes, ela escreve histórias seguindo este mesmo gênero. Leu aproximadamente 100 romances em seu primeiro ano de descoberta à leitura, e sentiu-se obrigada a tentar escrever algo. Atualmente com três livros publicados, entre eles ebooks e físicos, ela espera que suas histórias e seus “maridos” – personagens principais – divirtam e encantem leitores de nosso país." 


1. Quem é a Mary Oliveira?

Acredito que seja mais fácil falar da Mary, a autora, que da Mariely, a garota de verdade por trás do pseudônimo.
Então, vamos lá:
A Mary é uma garota completamente apaixonada por livros. Admite escrever primeiramente para si, e depois para suas leitoras e algumas amigas. Isso apenas porque descreve seus personagens como homens cujas características ela admira, mas confessa que é maravilhoso saber que outras pessoas gostam de seus "maridos fictícios". Ama um clichê básico e bem escrito, uma reviravolta, uns segredos, alguns hots, uma pitada de suspense e finais felizes. É a pessoa mais crítica com o que faz, que ela conhece, mas tenta lidar com esse defeito e tentar torná-lo uma qualidade.
Ela, contrariando totalmente a Mariely, é simples e extremamente focada. É na verdade uma extensão de uma garota que foi, é e deseja ser muitas coisas, fazer muitas coisas e ir a muitos lugares. Uma extensão necessária para manter o equilíbrio na confusão que a  sua criadora é.

2. De onde surgiu a ideia de ser autora?

Bem, eu comecei a ler livros e me apaixonei por diversos personagens, depois uma amiga me apresentou o site Nyah Fanfiction e comecei a acompanhar algumas fanfics lá e, consequentemente, ficar louca com as histórias. Decidi começar a escrever aí, mas nunca gostei da ideia de escrever fics, porque queria histórias que fossem completamente minhas. Desde os nomes dos personagens ao enredos.

3. Com qual idade você começou a se interessar pela leitura?

Com quatorze anos.

4. Como surgiu a ideia de criação de Princesa Implacável?

Quando respondo essa pergunta as pessoas costuma não acreditar (risos).
Eu estava assistindo A Cinderela com minha irmã mais nova e percebi que nunca havia sequer pensado em uma história com reinos e princesas.
Fiquei horas um pouco inquieta com aquele pensamento, até que desisti de ficar só pensando e comecei a escrever. Foi incrível. A primeira história que eu comecei sem nem mesmo saber o que aconteceria no próximo capítulo.

5. Qual foi a história mais difícil de escrever, de suas publicações?

Até agora, sem dúvida, Doce Pecado. A ideia inicial era para uma trilogia. Mas como nunca começo e termino um livro seguindo a ideia inicial, depois virou um duo. Agora mudei diversas coisas e fiz com que todos os acontecimentos que encaixassem em apenas um livro. Admito ainda não saber que final terá a história, porque no começo, eu coloquei em minha cabeça que seria a primeira que eu escreveria e não teria um final feliz.

6. O que você almeja para seu futuro como autora?

Desejo apenas fazer com que os leitores que se disponham a ler minhas historias, concluam cada uma delas e pensem em coisas tipo "valeu a pena".

7. Já pensou em desistir de escrever alguma vez?

Sim. Algumas, mas jamais consegui. Escrever virou parte essencial de mim, me ajuda a extravasar meus sentimentos e até mesmo alguns desejos.

8. Quais são seus autores nacionais preferidos?

Evelyn Santana, autora de Doce Amargo. E Camila Moreira, autora de O Amor Não Tem Leis.

9. Na sua opinião, qual a parte mais gratificante de escrever um livro?

Descobrir que alguém gostou. Essa sem duvida é a melhor parte para mim.

10. Enfim, que recado você deixa, para os leitores aqui do blog!

Espero que gostem das minhas histórias e:
Me aguardem! Ainda farei umas surpresas este ano! (risos) 
------------------------------------------------------------------------------

Gostaria de Agradecer a Mary, por responder a nossas perguntas e gostaria de convida-los a conhecer um pouco mais nas obras da autora.


Beijos, até a próxima!

4 comentários:

  1. Não conhecia essa autora, mas fiquei muito interessada pelos livros dela, e parece ter uma história bem legal.

    Passei aqui para dizer que te indiquei em uma tag. Bjs
    http://myself-here1.blogspot.com.br/2015/06/tag-liebster-award-3.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara,
      Leia, tenho certeza que você vai adorar.
      Beijos!

      Excluir
  2. Adorei conhecer um pouco mais da autora !
    Sempre aposto em autores nacionais . Acho que eles tem que ser mais valorizados .

    Participe da promoção que está rolando no meu blog . São 6 livros para 1 ganhador !
    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diane,
      Realmente, nossos autores merecem!!
      Beijos!

      Excluir