Resenha - O lado bom da vida


Livro: O Lado bom da Vida
Autor(a): Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 256
Avaliação: 


Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. 


Este é um livro que te prende a atenção e te transporta para dentro do cenário da historia.
Mathews Quick conta a historia de seu personagem Pat Peoples, (narrado em primeira pessoa), um cara psicologicamente perturbado por algo que não é especificamente claro no livro ( no caso Pat não se lembra bem o porque). No começo da leitura achei que Pat era psicologicamente abalado por conta de seu relacionamento com Nikki, mulher na qual ele diz ser sua esposa apesar de ela ter estipulado o "tempo separado" para eles, porém, no decorrer da historia descubro que Nikki o deixou quando ele foi para o "lugar ruim" nome que Pat deu ao hospital psiquiátrico onde passou aproximadamente os 4 últimos anos de sua vida. Enfim Pat é resgatado do "lugar ruim" por sua mãe Jeanie (na qual só descobrimos seu nome na pagina 119 do livro rs) Matthew expressa claramente a alegria de seu personagem de ter enfim deixado o lugar ruim onde ele acredita ter passado meses internado. Pat volta para casa tentando de todas as formas ser uma pessoa melhor para Nikki, ( ele tem esperança em um final feliz com a mulher que se casou) porem nada do que faz parece ser bom o suficiente, afinal a imagem que ele tem de Nikki em sua mente é de uma perfeita pacifista, o que o leva a tentar ser gentil e solidário o tempo todo.

Algo que gostei muito no livro foi de seu terapeuta Dr. Cliff, um ótimo ouvinte e muito compreensível, rapidamente Pat libera sua inteira confiança e Cliff tem total aprovação de sua amizade.
Aos poucos Pat vai controlando seus ataques de fúria, e retomando sua vida, sua família, e também seus antigos amigos, no qual ele vem a conhecer a "estranha" Tiffany, o livro não diz muito sobre suas características, além de  viúva, excelente dançarina, de estranha personalidade e um pouco vulgar em seu comportamento. Pat e Tiffany vão construindo uma "estranha e confusa" amizade, no qual não descreverei muito para não revelar toda a historia do livro. É dificílimo não se emocionar com uma historia cheia de provação e superação. Caso você queira descobrir o lado bom da vida, não deixe de conhecer a historia de Pat, você vai odiá-lo e depois vai ama-lo.
Até a próxima.



7 comentários:

  1. Eu acho que já assisti o filme desse livro, não me lembro direito.

    http://www.semsorte.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem um filme baseado no livro, eu achei bem parecido e gostei bastante também do filme! Beijos . Jhe <3

      Excluir
  2. Gostei muito deste livro
    Gostei da resenha
    Seguindo vc :)
    Bjks mil

    www.blogdaclauo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudia Obrigada!
      Gostei muito do livro também!
      Seguindo você <3 Beijos
      Jhe <3

      Excluir
  3. Eu assisti ao filme primeiro. Gostei mais do filme do que do livro *se esconde*
    Eu gostei bastante do livro, mas esperava um final diferente. Quando eu assisti ao filme, já sabia que o final era diferente do livro, mas não tanto. Não só o final, né? hehe Apesar dos pesares, esse livro vai ficar guardado no coração para sempre.

    Beijos!

    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, eu também gostei mais do final do filme rs mas só do final rs o restante prefiro o livro! esse vai livro vai ficar guardado pra sempre no meu coração também <3 Beijoss.

      Excluir
  4. Muito bom livro, mas eu gosto do elenco do filme. A história eu achei muito bom, bem executar um script, engraçado e inteligente. Abotoaduras entre Jennifer Lawrence e Bradley Cooper me espanta, posso dizer que é um dos melhores filmes de drama Cooper. Atuações ótimas até mesmo dos coadjuvantes Robert De Niro e Jacki Weaver estão ótimos. Uma ótima historia, madura, diferente de todas essas comedias dramáticas/românticas. Vale muito apena acompanhar.

    ResponderExcluir