Resenha - O Duque e Eu




Livro: O Duque e Eu
Autor(a): Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Páginas: 288

Avaliação: 


Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.  

Esse livro, faz parte da série Os Bridgertons, que é composta por 8 livros. Cada volume traz a historia de um dos irmãos Bridgertons, conforme a arvore genealógica.


Nossa história começa em Londres, meados de 1813. Nessa época é comum as mães acompanharem suas filhas em bailes de luxo, a procura de um bom pretendente.

Para a felicidade das moças, chega a cidade o jovem duque Simon, ele acaba de voltar de viagem, após ficar 6 anos, viajando pelo mundo. Ele está bem entusiasmado com a volta a Londres, porém tem uma convicção, nunca se casará, pois quer acabar com o ducado herdado de seu pai.


Nossa protagonista é Daphne Bridgertons, uma moça delicada, inteligente e divertida, com pensamentos e atitudes bem a frente de sua época. Ela sonha em encontrar o amor e se casar. O problemas é que os homens, por quem ela se interessa, a consideram apenas como amiga, já que ela entente muito do temperamento masculino, por possuir muitos irmãos, isso vem atrapalhando sua busca, para encontrar um homem que a queira de verdade, além disso temos a matriarca da família, a senhora Violet, mãe de Daphne que não para de pressiona-la para que encontre um marido logo.


Em meio a essas festas luxuosas, Daphne e Simon se conhecem por acaso, assim que a vê, Simon sente uma forte atração por ela. Daphne também se pega pensando em como ele é lindo e atraente.


O que Simon não esperava era que Daphne fosse irmã se seu melhor amigo Anthony ( Protagonista do Segundo Volume, "O Visconde que me amava"). Agora Simon está confuso em seus pensamentos, ao mesmo tempo que sente atração pela jovem donzela, ele não quer trair a amizade de tantos anos com Anthony.


Em meios a tantos bailes, e cansativas propostas de conhecer as jovens moças da cidade, Simon decide bolar um plano, para que as moças da cidade parem de incomoda-lo.


Ele propõe a Daphne que finjam estar interessados um no outro, para que ele possa fugir dessas mulheres que o cercam para casar, e para que os pretendentes de Daphne, passem a enxerga-la de outra forma. 


Eles começam a por em pratica esse belo plano, Violet está radiante, já que sua filha está sendo cortejada nada mais, nada menos que pelo Duque de Hastings. O plano começa a dar certo, quando Daphne, começa a ser admirada por todos os homens solteiros da cidade e Simon não é mais tão visado, ao radar das mães casamenteiras.


Não muito tempo depois eles começam a pensar em quão arriscado é o plano, pois a qualquer momento um dos dois pode arruiná-lo se começarem a se interessar um pelo outro.


Nunca havida lido romance de época antes, pois tinha um "pré-conceito" de que não entenderia as palavras, e achava que as historias seriam chatas. Posso dizer que me enganei feio com esse pensamento, já que amei o livro.


A autora, escreve de uma forma tão clara ,leve e com riqueza de detalhes, que você entra a fundo na história, é como se você estivesse em algum daqueles bailes com os personagens.


Virei fã desse gênero agora, e já quero ler todos os livros da série. A história é apaixonante, fico feliz em descobrir gêneros literários que não conhecia antes, e agora me tornei fã.


E vocês, já leram algum livro da série? Gostaram?



10 comentários:

  1. Amei essa resenha, vou ler esse livro! 😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ingrid!

      Obrigada!

      Leia, você vai gostar!

      Beijos!

      Excluir
  2. Eu tentei ler um romance de época mas vi que não é pra mim, ai não sei o que aconteceu comigo que sou romântico ao extremo kkk

    Estou seguindo aqui, ok?

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu nunca tinha lido romance de época. Mas me apaixonei por esse livro.

      Beijos!

      Excluir
  3. Quero muito ler esse livro , ele já está entre meus desejados faz um tempão :)
    Esses livros vão acabar me levando a falência rsrsrs

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sou a apaixonada por esta série, já tive o prazer de ler todos os livros lançados até agora e meu favorito será sempre o segundo. Espero que você possa continuar lendo os demais, tenho certeza de que vai adorar cada um deles!!!

    Beijão enorme, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aii Van, vou ler os demais e depois falou o que achei.

      Beijos!

      Excluir
  5. Oi, Van! :)

    Esse livro já estava na minha lista.
    Estou louca pra ler!
    Adorei sua resenha <3

    Beijos!!!
    http://umacertajovem.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Dani, Obrigada!

      Leia, você vai gostar!

      Beijos!

      Excluir